segunda-feira, abril 30

Lamentos


Segunda feira (23 de abril) morre o jornalista DÉCIO SÁ, é conhecimento de todos que ele era ligado ao grupo político (família SARNEY) que governa o nosso ESTADO, e fazia um tipo de jornalismo que servia aos interesses desse grupo político.


E esse fato bárbaro contra o mesmo não deve só ser repudiado, mas também investigado com todo rigor pelas autoridades. Eu era o leitor assíduo do seu blog, lia para saber do que ocorre na política maranhense e também que do falam e pensam o grupo político pelo qual ele era o porta-voz da imprensa maranhense.

Mesmo com a postura política repugnante, que eu mesmo discordava, é inegável que ele tinha muitas informações e sabia demais. Era dele as denúncias vindas da Assembleia Legislativa principalmente sobre os altos salários dos deputados que foram repercutidos no programa da Rede Globo aos domingos no Fantástico.

E as últimas antes de sua morte trágica, havia dado a cobertura sobre o envolvimento de funcionários do Tribunal de Justiça em atos de corrupção e foram presos e também sobre o julgamento de pistoleiros que seriam julgado na morte de um líder camponês no interior do Maranhão.

Décio Sá fazia muitas denúncias de corrupção em todas as esferas da sociedade maranhense, que ia do Legislativo atacando inclusive os aliados da governadora, do Executivo onde alguns secretários da governadora eram criticados, do Judiciário, empresarial e outras esferas.

A Vale, alguns empresários (quem não lembram do caso de um empresário que foi acusado de pagar 1 milhão de reais a um deputado que levasse o projeto de lei que acabou sendo aprovado pela Assembleia Legislativa do Maranhão que dava a concessão da derrubada dos babaçuais pra beneficiar as grandes construtoras como a Franere, por exemplo, para construir edifícios/condomínios?) eram alvo de denúncias.

Ele fazia fofocas na vida pessoal de muitos políticos e empresários, no qual era chamado de Décio “Rubens”, essa atitude incomodava muita gente, até mesmos os próprios aliados do grupo Sarney.

Não se trata aqui de defender um jornalista-sarneista, mas alertar mais um atentado contra a imprensa do nosso estado como também em todo o mundo, o mesmo era blogueiro além de jornalista, como todos nós sabemos, os blogs tem influencia muito significativa da nossa sociedade e principalmente na formação de opiniões e fazer um debate acerca de qualquer assunto desde que surgiu a internet e a popularização dos últimos anos.

E espero que esse crime seja elucidado, não só do Décio Sá, mas também todos os jornalistas independentes de posicionamento político e ideológico e de líderes como FLAVIANO PINTO NETO (líder quilombola que foi assassinado no povoado do município de São Vicente de Ferrer por pistoleiros).

Deixo aqui a minha SOLIDARIEDADE e REPÚDIO a esse crime bárbaro que afronta a liberdade de expressão, opinião, pensamento e denunciar o que é de interesse a toda sociedade.

Um comentário:

. disse...

O DEPOIMENTO DOS HOMICIDAS VAZOU WILLIAN:

http://www.netoferreira.com.br/wp-content/uploads/2012/05/Sexto-depoimento-06.jpg

DIEGO