domingo, julho 24

Uma balada para Amy.


Ei Amy  que é isso?
Retoca a maquiagem, acende um careta
Não lembre agora que teu grande amor mora na sarjeta
Recue para o lado mais macio da coisa
As cifras deles se confundiram com as do teu coração
Ohh Baby, Ohh my baby
Teus amigos Amy , quem são?
Princesa de pó e brilhante
Please baby retire o excesso da noite anterior
Teu vestido de cetim
Todos os holofotes voltados pra ti
Entenda Amy existe um fim na picada
Tua voz de Diva, teu ollhar de devassa
Teus cabelos de Medusa no cio
Amy na estrada o perigo espreita os limites
Cobain, Janis, Morrison, Cássia Eller ousaram ultrapassar
Ei Amy, o que isso?
O Soul, o show deve continuar.

3 comentários:

Alberto Júnior disse...

Lindo isso!

Fiquei sentido pela morte de um talento que não deixou um terço daquilo que poderia produzir.

Anônimo disse...

Não sei porque os bons morrem antes é sempre assim,,o que é bom dura pouco.PArabésn pela singeleza do poema .Cris

Anônimo disse...

mais um né natan, espero que o pete acorede, e sei lá, q seja uma alerta pra galera....

d