domingo, julho 31

Homenagem ao meu Herói.

José Ribamar Ferreira, mais conhecido como Ferreira Gullar, em minha humilde opinião o maior poeta desse Pais, e também o maior depois de Rimbaud. Maranhense, comunista, critico de arte, pintor, poeta... poeta no auto sentido da palavra. essa é minha homenagem a esse cara que não vai ser lembrado como um mito e sim uma realidade. Obrigado Ferreira Gullar.


3 comentários:

Alice Nascimento disse...

O que é ignorância... ignorar o conhecimento. Nunca gostei de Gullar, e nem mesmo sei explicar o motivo, simplesmente o ignorei. Após a rejeição dele a vaga da Academia Brasileira de Letras, meus olhos voltaram-se a ele. Hoje, mesmo sem conhecer, AINDA, nenhum livro dele, desperta em mim, um fascínio, uma curiosidade antes inexistente. Hoje sim, permito-me ser apresentada a Gullar. Adorei o vídeo. E os livros... vou em busca.

. disse...

Ferreira Gullar é necessário pra mim, é desses artistas completos, depois que li (Rabo de foguete) então não tinha a dúvida ele sintetiza o que é ser artista, e outra coisa bastante marcante é que ele apesar de morar a séculos no Rio, ele tem a fala, os trejeitos do povo daqui, como ele mesmo disse em Poema sujo " O homem não está na cidade
como uma árvore está num livro
quando um vento ali a folheia.." Genial.

Natan Castro.

Alice Nascimento disse...

Interessante falar que um autor é necessário! Gostei!!Bom, vou em busca desse livro,"Rabo de foguete".Meu estoque de livros que aquietam minha mente já estão se esgotando. Vou nessa indicação. Valeu!!!